Arquivo da categoria: Coordenação CRE

Dúvidas sobre o CARTÃO MATERIAL ESCOLAR?

Resolva suas dúvidas, fique bem informado sobre quem tem direito, como receber e como usar o Cartão Material Escolar.

QUEM TEM DIREITO?

COMO RESOLVER PROBLEMAS?

➠ Problemas com a senha, consulta de saldo e com o aplicativo:
3029 8440 ou no número 156, opção 2

➠ Solicitar a segunda via do cartão:
Somente em agência do BRB-Banco Regional de Brasília.

Perguntas frequentes

Consulta – Cartão Material Escolar

Dicas para a hora da compra

➠ No caso da educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, confira com a escola o material necessário. A relação é de produtos permitidos para compra com o cartão, mas não significa que sejam todos obrigatórios
➠ No caso da educação especial, são 171 itens, ao todo, mas é preciso verificar com a escola quais materiais, dentre estes, são os indicados para cada estudante, conforme a necessidade
➠ Sempre é bom fazer uma pesquisa de preços. O fato de as papelarias estarem credenciadas não significa que todas pratiquem os mesmos valores
➠ A compra não precisa ser feita em um único estabelecimento
➠ E mais: não precisa gastar tudo de uma única vez. As compras podem ser feitas até o dia 23 de maio de 2021
➠ Quando as atividades presenciais retornarem, em data ainda a ser definida pela Secretaria de Educação, o material de uso coletivo, como resmas de papel, deverá ser entregue na escola
➠ Fique atento ao site da Secretaria de Educação e às redes sociais, #educadf, para acompanhar as novidades e orientações.

Veja as listas de materiais

Educação Infantil 47 itens
Ensino Fundamental – anos iniciais – 49 itens
Ensino Fundamental – anos finais – 29 itens
Ensino Médio – 25 itens
Ensino Especial – 171 itens

Solicitação de Vaga 2021

A CRE Paranoá e Itapoã/UNIPLAT recepcionará todos os pedidos enviados por meio do formulário e, havendo vagas disponíveis, fará o contato telefônico com o responsável.

Para fazer o pedido, será preciso acessa o link abaixo e seguir o passo a passo:

1º) Acesse o Site da CRE-Paranoá e Itapoã;
2º) Clique no link (Solicitação de Vagas 2021) (https://forms.gle/hnU9AjbQ5iAQYPZn6);
3º) Preencha o formulário completo;
4º) Clique em ENVIAR

OBSERVAÇÕES:
Havendo vagas disponíveis, a UNIPLAT entrará em contato telefônico com o responsável, por isso, o telefone informado no formulário deve estar correto e atualizado.

As vagas de EJA (Educação de Jovens e Adultos) estarão disponíveis DIRETO nas Unidades Escolares (Escolas).

CONTATOS
UNIPLAT CRE Paranoá e Itapoã – (61) 39017549
E-mail: uniplat.paranoa@edu.se.df.gov.br

Encerramento do Ano Letivo 2020

Pronunciamento e prestação de contas do Secretario de Educação do Distrito Federal, por ocasião do encerramento do ano letivo de 2020 – 28/01/2021.

Aproveitamos o encerramento das atividades de 2020 para agradecer pais, mães, responsáveis e principalmente, professores, secretários, coordenadores, supervisores, gestores que bravamente se reinventaram para atender nossos estudantes. 

Mesmo diante de todos os sustos impostos pela pandemia de COVID-19, nosso compromisso com uma educação pública de qualidade nas regiões do Paranoá, Itapoã e áreas rurais,  permaneceu vivo e incansável. 

Agradecemos pelo apoio, pela compreensão, pela paciência e acima de tudo pela dedicação obstinada de professores que fizeram nosso trabalho coletivo se manter vivo, forte e efetivo. 

Muito obrigada!
Coordenação Regional de Ensino do Paranoá e Itapoã.

 

 

27 Escolas ganham reforma na CRE-Paranoá e Itapoã

Investimento é de R$ 1,9 milhão, verba proveniente do Pdaf e de emendas parlamentares

O coordenador do Centro Regional de Ensino do Paranoá e do Itapoã, Isac Aguiar, lembra que o objetivo é investir em serviços capazes de proporcionar segurança para evitar a proliferação do novo coronavírus. “Muitas dessas escolas estão há 25 anos sem passar por reformas”, conta. “Além de conforto, focamos em assegurar a revitalização de espaços que garantam a saúde da comunidade escolar”.

Acompanhe a programação de reformas. Acesse o Site da SEDF

 

18 de maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

Sobre o 18 de maio

Essa data foi instituída em 2000 pelo projeto de lei 9970/00. A escolha se deve ao assassinato de Araceli, uma menina de oito anos que foi drogada, estuprada e morta por jovens de classe média alta, no dia 18 de maio de 1973, em Vitória (ES). Esse crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje permanece impune.

ACESSE O SITE: https://www.facabonito.org.br

Como participar?

A campanha é coletiva, descentralizada e sua adesão é voluntária. A cada ano registra-se uma adesão maior de municípios na mobilização em torno da data por meio de caminhadas, audiências públicas, debates nas escolas, concursos de redação nas escolas, exibição de filmes e debates, realização de seminários e oficinas temáticas e de prevenção a violência sexual, panfletagem, criação de produtos de comunicação sobre a temática, campanhas nas rádios, entrevistas com especialistas, entre outros.
No entanto, levando em consideração o contexto de pandemia em face do coronavírus (COVID-19) reformulamos nossas ações. As ações estão sendo reestruturadas para uma promoção exclusivamente online, considerando que não vamos incentivar as atividades de abordagem direta, eventos de conscientização, palestras, seminários presenciais, entre outras atividades que resultem em aglomeração de pessoas.

6ª EDIÇÃO – CIRCULANDO AFRICANIDADES

Nosso evento chega a sua 6ª Edição, mesmo em meio às dificuldades impostas pela Pandemia de  COVID-19.

ACESSO – PLATAFORMA CISCO Wex

Em novembro de 2015, a Unidade de Educação Básica da Coordenação Regional de Ensino do Paranoá e Itapoã enviou circular às unidades escolares oferecendo apoio nos eventos relativos ao mês da Consciência Negra, apoio esse que consistia em mediar debates com temas já iniciados em sala de aula, pelo professor regente. Esse apoio foi dado pelos coordenadores intermediários da UNIEB e por uma representante da SEPIR, Secretaria de Promoção da Igualdade Racial. A partir daí, considerando que essa temática deve permear os conteúdos em todos os bimestres, surgiu a ideia de promover encontros sistemáticos, afim de aproximar os docentes, já sensíveis a essa necessidade da nossa comunidade, àqueles ávidos por debater o tema. Firmou-se assim, um compromisso para apoiar a implementação das Lei 10.639/03, que torna obrigatório o ensino da história e da cultura africana e afro-brasileira e seu complemento, a Lei 11.645/08, sobre o estudo da cultura indígena, duas matrizes civilizatórias presentes na comunidade escolar da região do Paranoá e Itapoã.

Continue lendo 6ª EDIÇÃO – CIRCULANDO AFRICANIDADES

Escolas do Campo em tempo de Escola em Casa – EC Cora Coralina

Em tempo de isolamento social e crianças em casa, as escolas do campo que ainda não podem contar com o recurso de salas virtuais no Classroom, estão usando a criatividade e se adaptando a nova realidade.

A professora Andrea Cordeiro de Moura, Vice-diretora da EC Cora Coralina explica que desde o início do ano, a equipe pedagógica da escola já tinha organizado uma lista de transmissão no WhatsApp para cada turma da escola. Com a suspensão das aulas, ficou mais fácil manter as famílias atualizadas com informações rápidas e diretas.

A equipe pedagógica decidiu mergulhar de vez no ambiente digital e no universo das redes sociais, criando um perfil no Istagram @eccoracoralina, onde a comunidade encontra informações gerais sobre a escola, suas atividades e planejamento.

Continue lendo Escolas do Campo em tempo de Escola em Casa – EC Cora Coralina