EC CARIRU

Código INEP: 53006844
Endereço: DF120 – Núcleo Rural Cariru – Brasília/DF
CEP: 71570-000
Telefone: (61) 99621-3849
E-mail: eccariru@gmail.com
Site:
Projeto Pedagógico: PP 2018


Equipe Gestora
Diretor: Edilene Ferreira de Oliveira
Vice-Diretor: Semiramis Melo de Lima
Coordenador:
Chefe de Secretaria: Warley Caetano de Souza


Atendimento
Creche 0 a 4 Anos;
Ensino Fundamental – Anos Iniciais (do 1° ao 5° ano);
Sala de Recursos Generalista (Anos Iniciais);Transtorno Global do Desenvolvimento);
Ensino Especial (Deficiências Múltiplas);
Equipe Especializada de Apoio à Aprendizagem (Psicólogo Itinerante e Pedagogo);
Orientação Educacional.

Turnos
Matutino: 07h30min às 12h30min
Vespertino: 13h30min às 16h30min
Noturno: 13h30min às 16h30min


Histórico
Localizada na DF 120, Colônia Agrícola Cariru – Paranoá – DF, a Escola Classe Cariru foi fundada no ano de 1971. Em 03 de fevereiro começou a construção, onde, construção e inauguração ocorreram no mesmo ano. Era governador do Distrito Federal, Hélio Prates da Silveira, e o Secretário de Educação e Cultura, o Sr. Júlio de Castilhas Cachapuz de Medeiros, como diretora de Ensino Elementar a Srª. Clélia de Freitas Capanela. Naquele tempo, autorizada pela portaria nº 017, reconhecida em 07 de julho de 1980. A Escola foi construída nas mediações da fazenda Santo Antônio, idealizada pela comunidade local, o Sr. Joaquim de Souza Caldas doou o material de construção, o equivalente a Cr$ 400,00(quatrocentos cruzeiros). Tendo como cooperadores em mão-de-obra mais ou menos 20 pessoas da comunidade, o Administrador Regional de Planaltina, professor Cassiano Vieira de Campos, diretor da Regional de Ensino, e o padre Aleixo da Paróquia de Planaltina.
Assim se apresentava a escola, na frente árvores nativas, na parte de trás pés de manga. Centralizada no centro da comunidade, não tinha cerca separando a área de extensão. Em 14 de julho de 1971, deu-se o início do ano letivo, com a presença de 45 alunos, sendo 29 da primeira etapa e 16 da segunda etapa. Desde a fundação a Escola passou por uma reforma e pequenas ampliações, sendo a última reforma entregue em maio de 1998. No ano de 2010 houve a
ampliação de mais duas salas, uma Biblioteca e um laboratório de informática. Ainda em 2010, foi construído um pequeno depósito para armazenar materiais de limpeza, construção essa, que contou com a participação e contribuição da comunidade escolar.
No ano 2013 construiu-se uma passarela coberta com a finalidade de proteção durante o período chuvoso, assim como um espaço coberto para os momentos de leitura e/ou atividades fora da sala de aula.Em 2015 construiu-se uma cantina para usufruto dos professores, este espaço possibilitou a desvinculação da Secretaria da escola com a Direção, pois abriu-se espaço para uma sala de Direção. Foi construído também um espaço para os servidores, depósito para materiais de limpeza e afins, outro para uso dos serviços de horta/pomar.
Visto a necessidade de proteção para as salas de aula devido à exposição ao sol, pensou-se em plantar árvores que trouxessem sombras para as mesmas. Ao analisar que estas árvores não poderiam ter raízes profundas para não prejudicar a estrutura do prédio, plantou-se bananeiras.
Partindo das bananeiras, começou-se o Projeto do Pomar em nosso quintal.
Hoje a cada cinco metros tem-se uma variedade de fruteiras, como: goiaba, mamão, acerola, graviola, atemóia, pêra, uva, banana e outras.
Na busca por melhores espaços, em 2016 em parceria com a Fazenda Yanoama, cobriu-se a área do pátio externo, onde se realiza as atividades de recreação, como também reuniões, e outros.
É uma escola com dependências bastante conservadas. A comunidade escolar é participativa e cooperativa com o trabalho da escola, mostrando sempre atitudes de zelo e preservação pelo ambiente escolar.
Até o ano de 2006, a escola pertenceu à DRE de Planaltina, mesmo estando na região administrativa do Paranoá. Em julho desse mesmo ano, passou a ser vinculada ao grupo de Unidades de Ensino do Paranoá e  Itapoã.

Projetos
Os principais projetos da escola listados e se possível, com uma pequena explanação sobre cada um deles.