EC NATUREZA

Código INEP: 53006887
Endereço: DF 250 – Km 8,5 – Núcleo Rural Capão da Erva – Brasília/DF
CEP: 71570-000
Telefone: (61) 3506 3048
E-mail: secretarioecnatureza@gmail.com
Site:
Projeto Pedagógico: PP 2018


Equipe Gestora
Diretor: Mônica Rosa Clifford
Vice-Diretor: Cassio de Azevedo Guedes
Supervisora: Daliane Matos Ribeiro Toledo
Chefe de Secretaria: Syrlene Ribeiro Norim


Querida criança, vocês já devem ter ouvido falar no Coronavírus. Neste momento de pandemia, é muito importante ter os cuidados necessários para se proteger.
Assista, então, ao vídeo do Vovô Moleque sobre o Coronavírus, converse com a sua família sobre como evitar o contágio. Depois faça um desenho que demonstre boas atitudes para espantar esse bichinho invisível.

E não se esqueçam… Fiquem em casa!!

Habilidades trabalhadas: compreensão oral, atenção, expressão oral, expressão artística.

 


Atendimento
Ensino Fundamental – Anos Iniciais (do 1° ao 5° ano);
Sala de Recursos Generalista (Anos Iniciais);Transtorno Global do Desenvolvimento);
Ensino Especial (Deficiências Múltiplas);
Equipe Especializada de Apoio à Aprendizagem (Psicólogo Itinerante e Pedagogo);
Orientação Educacional.

Turnos
Matutino: 07h30min às 12h30min
Vespertino: 13h30min às 16h30min


Histórico
A Escola Classe Natureza foi criada em 1º de julho de 1985, na administração do Presidente do Conselho Diretor da Fundação Educacional do Distrito Federal – Senhor Roberto Pompeu de Souza Brasil e demais Conselheiros. A escola se localizava na Chácara Nutri Natura, Sobradinho-DF, pertencendo então à Diretoria
Regional de Sobradinho. Nessa época, a comunidade do Capão da Erva apresentava extrema carência na área educacional. Os estudantes tinham que se deslocar até o Paranoá para estudar.
Nesse período, a escola possuía apenas uma turma com uma média de 20 alunos, na faixa etária de 06 a 15 anos. Os professores dividiam uma sala de aula com aproximadamente 18 metros quadrados. Esse espaço comportava a secretaria, direção e cozinha. Relatos de servidores afirmam que nessa época de 1985 a escola era genuinamente rural, a ponto de serem diariamente presenteados com cachos de banana, mangas, verduras e folhagens.
A área da atual Escola é resultante de concessão de terreno pela Associação Comunitária do Capão da Erva à antiga Fundação Educacional do distrito Federal. A Associação doou em julho
de 1986, mil metros quadrados para a construção da Escola. A mesma foi construída objetivando atender aos filhos das famílias que trabalham na região: caseiros, lavradores, domésticas entre
outros.
Em 1987, a Escola foi transferida para o Centro Comunitário do Capão da Erva de Sobradinho onde funcionou durante os 90 dias de obra. O ensino abrangia duas turmas multiseriadas e contava com dois professores e nenhum servidor.
A escola foi ampliada em 2002, devido ao aumento da demanda de alunos por série. Com esta ampliação, as aulas foram ministradas
provisoriamente na Escola Classe Sobradinho dos Melos no turno vespertino. Com a reforma e ampliação, a instituição passou a atender além dos Anos Iniciais, a 5ª série dos Anos Finais. Em
2003, passou a ofertar também a 6ª série dos Anos Finais. Em julho do mesmo ano, a escola passou a pertencer à Regional de Ensino do Paranoá.
Nesse período, o perfil dos estudantes dividia-se em três grupos distintos: os de zona rural que usavam cavalos como meio de transporte ou andavam quilômetros a pé para chegar à Escola e aproximadamente 10% dos alunos, que tinham condições financeiras mais favoráveis. A escola absorvia ainda estudantes com perfis diferenciados, oriundos da extinta invasão do Itapoã; ou seja, os meninos tinham experiências e vivências que contrastavam com os meninos da área rural. Esse contexto criava um imenso abismo sócio econômico e cultural que exigia muito dos profissionais da Escola, em termos de disciplina e valores.
Em 2014, a Escola foi contemplada com dois ônibus escolares, sendo um destinado para atender os estudantes residentes na Região da Fazenda Velha, e outro para o Itapoã e Rajadinha.
No ano de 2016, a escola teve o aumento de 4 turmas em função da demanda de vagas para a Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental, possuindo 12 turmas e atendendo cerca de 270 estudantes. Neste mesmo ano a escola recebeu o Projeto Txai, com o aval do Conselho Escolar, para propiciar a Pedagogia Waldorf na Educação Infantil. As turmas contempladas foram um 1ª Periodo e duas turmas de 2º Período, atendendo a 60 alunos. Dentre os principais objetivos, esta Pedagogia promove: o desenvolvimento harmonioso das capacidades físicas, emocional e cognitiva do ser humano;Estimular o desenvolvimento da autonomia da força de vontade e da perseverança, por meio de trabalhos manuais, jardinagem, higiene pessoal, dentre outros. 

Projetos
Os principais projetos da escola listados e se possível, com uma pequena explanação sobre cada um deles.